Vanio Meurer Java Developer prazer, vaninh0.

Software de Gerenciamento de Mesas de Poker

Opa, só vai? Beleza então.
Hoje estava jogando um campeonato live de poker com uns amigos, e um deles me pediu o software que fiz para utilizar no 1º BN Open Poker.
E por isso estamos aqui, eu tinha esquecido de disponibilizar aqui o source do projeto, e farei nesse post.

Eu chamei o software de Tornament Poker Manager (uau, que nome em) e apelidei de TPM. Tive somente alguns dias para o desenvolvimento, então não da pra esperar grande coisa (ahh!)
Dividi ele em duas partes, a view e o core. Logicamente deixei a view com elementos da GUI e a core com as regras de negocio.

View

A GUI ficou bem simples, utilizei somente elementos básicos de Swing.

Core

Na core eu quis utilizar o design pattern Command, então para todas as funcionalidades foi criado um Command, tentei pelo menos.. como o tempo foi curto, não lembro se ficou 100%.
Pensei em fazer um tipo de mecanismo de log/backup que gravasse qualquer funcionalidade que fosse executada, sendo possível uma restauração caso acontecesse algo durante o torneio. Utilizei a serialização para tal (criando uma classe que contem um Map com o que queria gravar), creio que não foi uma excelente idéia. Talvez um banco de dados fosse uma solução melhor para resolver algum possível problema. Que seja, essa versão 0.2 está assim e assim será aqui divulgado 😉

O que o software faz…?

  • Cadastra Jogadores.
  • Sorteio de lugares nas Mesas.
  • Controle de Rebuy.
  • Reorganização de mesas.
  • Backup automático.

Bom, acho que é isso, baixe o source: TournamentPokerManager-v0.2.source
Ou o executável jar aqui: TournamentPokerManager-v0.2

Toda alteração no projeto esta liberada da minha parte, mas seria legal divulgar aqui, só pra matar minha curiosidade. hehe
Qualquer dúvida, estamos ai.
Abraço, Vânio Meurer (vaninh0).

 

Testando o Apache Pivot

Opa, só vai?
Então, depois de muito tempo desaparecido, estou aqui novamente.
A tecnologia que estou abordando hoje era um post programado para no mínimo a um ano atrás, porem com a correria do dia a dia fui acabando deixando de lado.
Bom, chega de lenga lenga…

O que é o Apache Pivot?
Segundo a própria Apache no site oficial no Pivot:
“Apache Pivot ™ é uma plataforma open-source para a criação de aplicativos instaláveis ​​Internet (AII). Ele combina o aumento de produtividade e características de utilização de um kit de ferramentas de interface de usuário moderna com a robustez da plataforma Java.” (Traduzido pelo maravilhoso google translator).
Segundo a minha experiência com a ferramenta:
“É um projeto que te possibilita fazer ferramentas tanto online (applet..) quanto desktop, mas com uma aparência e efeitos bem maneirinhos.”
Bom mas só isso? É só um skin então?
Nã, pera lá. Ele tem diversas “coisinhas” que facilitam a vida, principalmente para usar nos componentes gráficos deles. Dentre algumas que eu lembro são, uma parte de Collections toda própria para o Pivot e uma parte toda escalonada de serialização, com a parte de JSON toda pronta e algumas classes que te facilitam para utilizar REST.

Minha aplicação exemplo
A minha aplicação exemplo se encontra nesse endereço:
http://www.vaniomeurer.com.br/pivot/

O que eu usei nessa aplicação?

  1. Apache Pivot
  2. GSON
  3. Google App Engine
  4. REST

Porque tudo isso?
Com o Pivot eu fiz a parte gráfica. Deixei uma aplicação REST rodando no Google App Engine. E o GSON? Pra que utilizá-lo se eu mesmo disse que o Pivot já traz as funcionalidades para trabalhar com JSON? Simples e direto, tive problemas com o java.util.Date ;/

Finalizando… o que eu achei do Apache Pivot?

Bom, eu achei ele muito bonito. Porem muito difícil de programar.
Eu sei que o post ficou muito vago, eu tinha a intenção de mostrar como programar no Pivot, e todo o fonte do projeto. Mas to numa maquina nova e o projeto não está aqui. Pretendo no futuro mostrar mais detalhes sobre o projeto.

Abraço, Vânio Meurer. (Vaninh0)